retalhos

Wednesday, June 09, 2010


Abracei os extremos, como forma de passar os dias e chamei-lhe .. Vida..
Passei a ser criadora da minha própria falta de tempo, e giro os minutos à velocidade a que o meu coração já se habituou a bater... roubo horas ao sono sem promessas de o recompensar, como sem o prazer de saborear... e misturo todas as necessidades ao meu alcance....

.... por estes caminhos, observo os outros e procuro exemplos que me restituam os minutos que não tenho... deito-me, leio revistas com títulos promissores, respiro fundo e sem querer.. adormeço cansada...

as horas já não chegam, e tão pouco se compram.... a corrida continua, e na vantagem do meu adversário, sonho com uma vida mais preenchida, mais cheia... mas de MIM e dos que mereciam mais horas...